Países asiáticos e seus perfis de produção

A China sempre foi o país mais buscado para importaçōes. Há muitos anos é conhecida como a fábrica do mundo, com preços competitivos e maiores margens de lucratividade para o importador. Porém, a famosa etiqueta “Made in China” não está mais sozinha. Há outros países entrando neste cenário com bastante representatividade em setores específicos. Novas opçōes como Índia, Vietnã, Indonésia e Cambodja vêm despertando o interesse de muitas empresas globalmente.

Com base nos dados do site The Observatory of Economic Complexity, preparamos para você um resumo sobre o perfil de cada país. Confira!

Ranking da Exportação Mundial

1º China
17ª India
21º Vietnã
25ª Indonésia
54ª Bangladesh
74ª Camboja

Volume de exportações por país

China

A China é a maior economia de exportação no mundo. Em 2017, a China exportou US$ 2,41 Trilhões. Na China pode se encontrar todos os tipos de produtos para todos os segmentos de mercado, porém os produtos mais exportados da China são voltados para tecnologia, conforme consta no ranking abaixo:

1º Equipamentos de Transmissão ($231 Bilhões)
2º Unidades de Disco Digital ($146 Bilhões)
3º Peças de máquinas de escritório ($90,8 Bilhões)

Os principais destinos de exportação da China são Estados Unidos ($476 Bilhões) e Hong Kong ($255 Bilhões).

Índia

A Índia é a 17º maior economia de exportação no mundo. Em 2017, a Índia exportou US$ 292 Bilhões. As exportações principais da Índia são de setores bem diversificados, passando do petrolífero refinado, ao diamente, medicamentos e arroz.

1º Petrolíferos refinados ($30,2 Bilhões)
2º Diamantes ($26,5 Bilhões)
3º Medicamentos embalados ($13,2 Bilhões)

Os principais destinos de exportação da Índia são Estados Unidos ($44,3 Bilhões) e Emirados Árabes Unidos ($28 Bilhões). 

A Índia também é conhecida mundialmente pelo seu diferencial no setor de decoração para o lar, setor têxtil, acessórios e calçadista, com produtos de aparência artesanal e elegante refinamento.

Vietnã

O Vietnã é a 21º maior economia de exportação no mundo. Em 2017, o Vietnã exportou US$ 220 Bilhões. O país vem se destacando no mercado têxtil de malhas e calçados de couro e borracha. Mas o perfil de produtos mais exportados é similar ao produto chinês, voltado ao universo da tecnologia.

1º Equipamentos de Transmissão ($30,7 Bilhões)
2º Telefones ($14,9 Bilhões)
3º Circuitos Integrados ($14,6 Bilhões)

Os principais destinos de exportação do Vietnã são Estados Unidos ($46,2 Bilhões) e  China ($39,9 Bilhões).

Indonésia

A Indonésia é a 25º maior economia de exportação no mundo. Em 2017, a Indonésia exportou US$ 188 Bilhões. Dentre os produtos mais exportados da Indonésia, estão:

1º Briquetes de carvão ($18,9 Bilhões)
2º Óleo de Palma ($18,2 Bilhões)
3º Petróleo ($8,99 Bilhões)

Os principais destinos de exportação da Indonésia são China ($25,8 Bilhões) e  Estados Unidos ($19,9 Bilhões).

Bangladesh

O Bangladesh é a 54º maior economia de exportação no mundo. Em 2017, o Bangladesh exportou US$ 39,2 Bilhões e vem se destacando como uma grande potência do universo têxtil, mais especificamente roupas sociais masculinas e femininas assim como roupas de malha.

1º Não malha Ternos Masculinos ($6,2 Bilhões)
2º Malha camisetas ($5,89 Bilhões)
3º Blusas de malha ($4,65 Bilhões)

Os principais destinos de exportação do Bangladesh são Alemanha ($6,11 Bilhões) e Estados Unidos ($5,81 Bilhões).

Cambodja

O Camboja é a 74º maior economia de exportação no mundo. Em 2017, o Camboja exportou US $ 15,8 Bilhões e também vem ganhando grande destaque no cenário têxtil.

1º Blusas de malha ($2,12 Bilhões)
2º Ternos de malha ($1,51 Bilhões)
3º Não malha Ternos ($1,3 Bilhões)

Os principais destinos de exportação do Camboja são Estados Unidos ($3,06 Bilhões) e  Alemanha ($1,78 Bilhões).

Concluímos que ainda há muito espaço para novos países crescerem e se destacarem no cenário internacional. Os EUA e China continuam firmes como as grandes potências importadoras de diversos segmentos mas Alemanha e Emirados Árabes também vêm conquistando seu espaço.

Dito isso, reforçamos a relevância de diversificar o sourcing de fornecedores. Diferentes países podem oferecer diferentes perfís de produto, faixa de preço e matéria prima. Essa é uma das nossas principais preocupaçōes na Digs: sempre estar em busca de novos parceiros e locais onde encontramos qualidade e bons negócios para nossos clientes.

CHINA

Guangzhou

BRASIL

Rio de Janeiro

PORTUGAL

Porto

contato@digs-group.com

Digs Group | Copyright © 2019 | Política de Privacidade
Desenvolvido por Khamomila - Digital Business